Províncias

Vastas áreas preparadas para campanha agrícola

Pelo menos 248 mil hectares de terra estão preparados, na província d Moxico, para a campanha agrícola 2011/12, revelou na sexta-feira o director local da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, durante a cerimónia de abertura da referida campanha, no Lungo, arredores do Luena.

Hectares de terra preparados para o cultivo
Fotografia: Jornal de Angola

Pelo menos 248 mil hectares de terra estão preparados, na província d Moxico, para a campanha agrícola 2011/12, revelou na sexta-feira o director local da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, durante a cerimónia de abertura da referida campanha, no Lungo, arredores do Luena.
António da Silva disse que a produção prevista nestes hectares é de um 1,122 milhões de toneladas de produtos agrícolas diversos.
Para o êxito da campanha, estão envolvidas 150 mil famílias camponesas, organizadas em 150 associações, três cooperativas, 169 pequenos agricultores, dos quais, 59 já beneficiaram de crédito agrícola concedido pelos bancos locais.
O responsável considerou importante levar este voto de confiança aos camponeses, tendo em conta que muitas associações de camponeses estão a receber crédito agrícola de campanha, fruto da política do Executivo para melhorar o bem-estar das populações e aumentar os níveis de produção. Nesse sentido, encorajou outros camponeses a aderirem o crédito bancário, organizando-se em associações e cooperativas agropecuárias, como forma de serem apoiadas pelo governo da província.
Realçando a importância do crédito agrícola de campanha, referiu que este ajuda a aumentar os níveis de produtividade dos pequenos agricultores e proporcionar aos camponeses os produtos suficientes para a sua auto sustentação e excedentes para o comércio rural.
António da Silva defendeu ainda a criação de mais mercados rurais e a melhoria das vias de acesso, por serem essenciais para se ultrapassarem as dificuldades sentidas pelas comunidades, devido à deterioração dos produtos do campo.
O Ministério da tutela tem em curso um programa de reforço da capacidade institucional dos aglomerados populacionais, apoiando-os com inputs agrícolas, organização para acesso ao crédito bancário, planificação da produção e organização do comércio rural.

Tempo

Multimédia