Províncias

Moxico concretiza programa de alfabetização

José Rufino | Luena

O programa de alfabetização e aceleração escolar na província do Moxico vai beneficiar, durante o presente ano lectivo, 37.940 alfabetizandos de todos os municípios, disse quinta-feira, no Luena, Morais António Neves Tomás, chefe de secção para o ensino geral, em representação do director provincial da Educação.

O programa de alfabetização e aceleração escolar na província do Moxico vai beneficiar, durante o presente ano lectivo, 37.940 alfabetizandos de todos os municípios, disse quinta-feira, no Luena, Morais António Neves Tomás, chefe de secção para o ensino geral, em representação do director provincial da Educação.
Morais Tomás, que falava no acto da abertura simbólica que marcou o início das aulas de alfabetização, adiantou que, para o arranque do ano lectivo, a direcção provincial da Educação conta com um universo de 400 formadores, esperando-se mais cinquenta todavia por confirmar, para atender os nove municípios que compõem a província.
Trata-se de uma acção da Direcção Provincial da Educação em parceria com as igrejas locais, que vão servir de redes catalisadoras na sensibilização da população, no sentido de participarem nas aulas.
Na ocasião, Morais Tomás disse que esta acção vai combater o analfabetismo, tendo em conta a elevada taxa de analfabetos existentes nesta parcela do país. Do seu ponto de vista, a solução para a erradicação do analfabetismo em Angola passa por se investir cada vez mais na alfabetização, com particular incidência das mulheres, que segundo as estáticas são as mais vulneráveis.
No final, o responsável pediu às Organizações Não-Governamentais, à comunidade religiosa e à população em geral, que prestem mais solidariedade e atenção ao ensino e ao sector da educação.
No ano passado foram alfabetizados 23.781 cidadãos na província do Moxico.

Tempo

Multimédia