Províncias

Mulheres impedidas de irem às consultas

A directora do Hospital Municipal dos Luchazes, Anabela Alves, revelou que muitas mulheres na província do Moxico têm sido impedidas de fazer consultas pré-natais pelos próprios maridos, que inclusive obrigam-nas a efectuarem partos caseiros.

O problema, disse, está no facto de o hospital dispor de poucos técnicos. Além disso, todos são homens. “Não acorrem aos serviços sanitários até hoje, porque a maioria dos nossos técnicos de saúde reprodutiva são homens e a situação é preocupante, uma vez que ao furtarem-se do acompanhamento pré-natal aumenta o risco de problemas durante os partos caseiros”, frisou. Anabela Alves disse que os maridos argumentam que outros homens não podem ver a nudez das suas esposas, mesmo nas consultas hospitalares.

Tempo

Multimédia