Províncias

Município dos Bundas ganha infra-estruturas

Lino Vieira |Bundas

O administrador municipal dos Bundas, Evaristo António, disse que a população está satisfeita com as acções que estão a ser realizadas pelo governo provicial, para melhorar o seu nível de vida.

Entre as acções desenvolvidas consta a construção do sistema de distribuição de água
Fotografia: Jornal de Angola

O administrador municipal dos Bundas, Evaristo António, disse que a população está satisfeita com as acções que estão a ser realizadas pelo governo provicial, para melhorar o seu nível de vida.
Em entrevista ao Jornal de Angola, Evaristo António referiu que no quadro da disponibilização dos serviços sociais básicos à população, a administração municipal apostou “forte” na construção de escola, postos médicos e sistemas de distribuição de água e energia, entre outras acções.
O administrador disse que na comuna do Lutembo foi inaugurada uma nova escola, fazendo com que 1.614 crianças, fora do sistema de ensino, possam estudar em condições aceitáveis e que no Luwei a população já beneficia de água potável e iluminação pública, a partir de um gerador.
Evaristo António sublinhou que no primeiro semestre deste ano são inauguradas outras infra-estruturas, como escolas, postos de saúde, residência para quadros, sistemas de distribuição de água e de energia eléctrica.
“Vamos continuar a incentivar a população a formar associações de camponeses, para viabilizar o acesso ao crédito bancário e aquisição de instrumentos de trabalho, tendo em conta as potencialidades agrícolas desta região”, referiu.    
Para o chefe tradicional Mwene Bandu, da etnia Bunda, as infra-estruturas que o município  tem vindo a ganhar dão maior impulso ao desenvolvimento da região, mas lamentou a falta do ensino médio e também de médicos.      
O chefe tradicional destacou  os benefícios que os habitantes vão tendo com o sinal da rádio e da televisão, bem como os serviços de telefonia móvel.   

Tempo

Multimédia