Províncias

Município melhora assistência médica

António Capitão |Negage

O Hospital Municipal do Negage (HMN), na província do Uíge, passou a dispor de novos serviços, com a conclusão das obras de ampliação e montagem de equipamentos, que vão contribuir para a melhoria da assistência médica da população. 

Hospital Municipal do Negage conta com mais equipamentos
Fotografia: Santos Pedro |Edições Novembro

Dos novos serviços que entram em funcionamento, constam os de radiologia, ecografia, neonatologia, ortopedia, laboratórios de análises clínicas, cirurgia, bloco operatório, farmácia e  salas de parto. Conta ainda com um banco de urgência, morgue com capacidade para 12 gavetas,  berçário e salas de internamento para acomodar 64 doentes, além de diferentes consultórios médicos.
A unidade sanitária conta ainda com outras dependências administrativas, como vestuários, sala de esterilização dos utensílios e refeitório com capacidade para 70 lugares. Dispõe igualmente de uma sala de colheita e escura, lavandaria, salas de pré e pós-parto, gabinetes médicos, sala de reuniões, de observação e espaços de espera para acomodar os utentes das consultas médicas.
O hospital, reinaugurado pelo governador Paulo Pombolo e pelo secretário de Estado da Saúde, Eleutério Hivilikwa, encontrava-se em avançado estado de degradação e falta de espaço para acomodar mais pacientes. As obras duraram um ano.
O governador  Paulo Pombolo disse que a melhoria do edifício do Hospital do Negage e a instalação de novos e modernos equipamentos fazem parte do programa do governo da província. Acrescentou que, do plano, iniciado em 2016, consta a ampliação de 10 hospitais, com vista a melhorar a assistência médica e medicamentosa à população e, ao mesmo tempo, conferir melhor dignidade e condições de trabalho aos profissionais do sector da Saúde.
Paulo Pombolo pediu aos utentes e aos profissionais de saúde para preservarem o edifício e os equipamentos modernos instalados.

Tempo

Multimédia