Províncias

Município passou a ter luz eléctrica

A sede da comuna de Cateco Cangola, município de Calandula, tem iluminação pública desde 2012, através de um grupo gerador de 110 Kva, instalado pela administração local.

A sede da comuna de Cateco Cangola, município de Calandula, tem iluminação pública desde 2012, através de um grupo gerador de 110 Kva, instalado pela administração local.
A informação foi avançada pelo administrador comunal, Salvador Calunga, à margem da visita efectuada na sexta-feira à localidade pelo governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, que foi inaugurar um centro de saúde e a nova sede da administração da comuna.
Nesta altura, a iluminação pública abrange apenas a sede comunal, mas estão a ser envidados esforços por parte da administração municipal para que a energia chegue também à aldeia de Banza Cateco, por ser a mais próxima da sede.
 No sector sanitário, Salvador Calunga disse haver algumas dificuldades, atendendo a que a comuna conta com três postos de saúde distribuídos pela sede comunal, no sector de Caxito e na aldeia de Cabassa Muhongo, e necessita de enfermeiros para garantir o seu bom funcionamento e maior cobertura a nível da região.
 Há cerca de dois anos que a assistência sanitária tem contado com a colaboração de promotores de saúde, devido à insuficiência de profissionais de enfermagem. Daí a necessidade de admissão de mais técnicos.
No que toca à actividade agrícola, ela é manual e de subsistência, pelo que os agricultores pediram ao Governo Provincial um tractor para as associações camponesas.
A comuna de Cateco Cangola fica a mais de cem quilómetros da sede do município de Calandula. Ocupa uma área de 1.902 quilómetros quadrados, habitada por cerca de 13.700 habitantes.
A população, maioritariamente camponesa, dedica-se ao cultivo da mandioca, feijão, batata-doce, cana-de-açúcar, ginguba e outras culturas alimentares.

Tempo

Multimédia