Províncias

Alunos com melhores condições de ensino

Victor Pedro | Sumbe

Cerca de 400 alunos do primeiro ciclo da localidade de Girau, município do Amboim, província do Kwanza-Sul, passaram a ter acesso ao ensino, com a inauguração da escola 4 de Abril.

O estabelecimento de ensino, com seis salas e várias dependências, foi construído num período de seis meses, custou cerca de 43 milhões de kwanzas e foi financiado pelo Fundo de Apoio Social (FAZ) e enquadra-se no Programa de Desenvolvimento Local (PDL).
O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia no Kwanza-Sul, Francisco Júnior, disse, no acto inaugural, que a edificação de mais infra-estruturas de carácter social consta dos programas definidos pelo Executivo, inseridos no programa de combate à pobreza .
Com este acto, referiu, o sector da Educação pretende oferecer condições dignas de trabalho a professores e alunos, substituindo as escolas provisórias e outras de construção definitiva que requerem obras de restauro.
“Pretendemos, com estas acções, reduzir o número de crianças fora do sistema normal do ensino, calculadas em 51 mil crianças.
Dos projectos em curso, consta  ainda, em vista, a construção de quatro institutos médios de formação técnicoprofissional e expandir o ensino superior a nível da província, através de núcleos autónomos, para permitir a formação dos estudantes e trabalhadores da circunscrição. Francisco Júnior lembrou que a direcção província da Educação vai, nos próximos dias, realizar uma acção de formação dirigida aos directores das escolas, para melhorar os métodos de planificação das aulas e acompanhar a dinâmica do ensino.
 Os professores vão receber formação contínua em metodologias nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, entre outras, de modo a  melhorar a qualidade de ensino.
No âmbito das inaugurações, a localidade da Cumbira dois, localizada a nove quilómetros da Conda, também passou a ter uma escola primária, com quatro salas e várias dependências administrativas.

Tempo

Multimédia