Províncias

Assistência médica na municipalidade considerada débil por falta de técnicos

O sector da Saúde no município da Bibala, a 188 quilómetros da cidade do Namibe, necessita de mais de mais 20 enfermeiros, para melhorar a assistência sanitária aos pacientes, informou o chefe de Repartição Municipal, Jorge Savazuca.

Município necessita de mais enfermeiros
Fotografia: Francisco Bernardo |

O sector da Saúde no município da Bibala, a 188 quilómetros da cidade do Namibe, necessita de mais de mais 20 enfermeiros, para melhorar a assistência sanitária aos pacientes, informou o chefe de Repartição Municipal, Jorge Savazuca.
O responsável realçou haver melhoria da prestação dos serviços de saúde em toda a extensão do município, com a construção de novas unidades sanitárias, faltando apenas mais técnicos de enfermagem para dar solução aos demais problemas, como atendimento por turnos, já que “com os descansos o atendimento adequado aos nossos pacientes fica complicado”.
Actualmente, os postos médicos e centros de saúde funcionam com um a dois técnicos de enfermagem, o que não satisfaz, a julgar por aquilo que rege os serviços de saúde, considerando ser urgente a colocação de mais quadros neste município. Jorge Savazuca acrescentou que, nesta altura, são necessários mais técnicos médios de saúde, enfermeiros auxiliares e técnicos de laboratório, para serem distribuídos às comunas e sectores do município. O sector necessita ainda de médicos nas especialidades de estomatologia, ecografia e ortopedia.  No município da Bibala, o sector da saúde conta com um total de 87 técnicos de enfermagem, distribuídos pelos 25 postos e centros de saúde.

Tempo

Multimédia