Províncias

Aumenta a produção agrícola

Manuel de Sousa| Piambo

O governador do Namibe garantiu que vai continuar a prestar atenção à localidade do Piambo, desenvolvendo acções que permitem melhorar as condições de vida das populações, no quadro do Programa de Combate à Pobreza. 

Camponeses prevêem uma boa colheita
Fotografia: Jornal de Angola

Rui Falcão visitou a povoação do Piambo na companhia do deputado Serafim do Prado, onde fez a entrega de um tractor, alfaias e instrumentos para a pesca artesanal aos agricultores e pescadores associados em cooperativas.
O governador prometeu, para breve, a abertura de furos de água para o consumo e o relançamento da actividade agrícola, no sentido de melhorar as condições de vida das populações. Está prevista a construção de uma escola e um posto médico.
Como a maior parte dos habitantes do Piambo não possuírem Bilhete de Identidade, vai ser enviada para a localidade uma equipa da Direcção Provincial da Justiça para facilitar o processo e evitar com que a população percorra longa distância para adquirir documentos de identificação.
O soba do Piambo, José Belenguenge, disse que a falta de água para o consumo humano e a escassez de meios para a prática da agricultura, principalmente na zona sul da região, transporte para escoamento dos produtos e deslocação da população, constituem as grandes preocupações.
“Agora temos um tractor e estamos satisfeitos pelos esforços do Governo Provincial uma vez que os agricultores vão poder aumentar a sua produtividade. Estamos esperançados que outros problemas são resolvidos a seu tempo. Por isso, vamos aguardar e acreditar  nas acções do Governo”, notou.
A povoação do Piambo tem uma população de mil habitantes, dos quais 118 agricultores associados em cooperativas, que produzem maioritariamente hortícolas com realce para o tomate, batata, mandioca e milho.
Já estão preparados 90 hectares onde os camponeses esperam colher 500 toneladas de produtos d, mais 200 comparativamente ao ano anterior.
Os produtos são comercializados na sede da província e na vizinha província da Huíla.

Tempo

Multimédia