Províncias

Conferência científica permitiu o intercâmbio

A vice-governadora provincial do Namibe considerou fundamental o intercâmbio dos docentes no campo científico e abordagem de temáticas sobre conteúdos das instituições do ensino superior e no processo da educação permanente do professor.

Maria dos Anjos Mahove falava na abertura da primeira conferência científico-pedagógica que decorre sob o lema “A formação e desenvolvimento de competências no profissional da educação e seu desempenho ao serviço da sociedade angolana”.
Na conferência participam, além do Namibe, as províncias de Luanda, Huambo, Lunda Norte, Cuanza Norte, Cunene e Huíla. As jornadas técnico-científicas vão permitir aos participantes uma reflexão e abordagem sobre várias temáticas e as propostas ligadas às competências profissionais do professor universitário e sua relação com os níveis do ensino curricular, assim como educação científica e ambiental nas escolas.
“O desenvolvimento do sistema pedagógico científico e cultural é essencial para o desenvolvimento económico e social de um país e, desta forma, estão em acção para o ano 2015 vários desafios, tais como a criação de uma instituição do ensino superior no município piscatório do Tombwa, que se junta aos três já existentes, Instituto Superior Politécnico Mandume Ya Ndemufayo, Escola Superior Pedagógica, afecto ao ISCED, e Instituto Superior Politécnico de Ciências Jurídicas”, disse.
Durante a conferência, que conta com a participação de decanos, directores, professores universitários, do I e II Ciclo do ensino secundário das oito províncias, vão ser abordados a integração curricular do académico, o labor investigativo na formação e desempenho efectivo do professor, programa e estudo da disciplina de física, matemática, química, geografia, geometria, assim como o estudo das suas metodologias de ensino.
A profissionalização do docente, orientada para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem em Angola, concepções de ensino/aprendizagem e sua qualidade, estratégias metodológicas para o professor, identificação de dificuldades dos alunos na resolução de problemas, relações espaço/tempo, suas implicações na educação ambiental para um desenvolvimento sustentável, também fazem parte do programa.

Tempo

Multimédia