Províncias

Cristãos doam sangue ao hospital provincial

Afonso Costa |

Mais de cem pessoas da Associação Cristã doaram sangue ao Hospital Provincial do Namibe, durante uma campanha promovida pela Igreja Universal do Reino de Deus, que serviu para o reforço do stock do produto na maior unidade sanitária da província.

Carência de sangue para salvar vidas é uma preocupação permanente das equipas médicas
Fotografia: Paulo Mulaza

A carência de sangue nos hospitais de referência, em particular o Hospital Materno Infantil, para salvar vidas e fazer sorrir a quem necessita, é uma das grandes preocupações das equipas médicas na província, tendo em conta o número limitado de dadores voluntários.
A médica Maria Teresa Lisboa, que é também presidente da Associação de Doadores Voluntários de Sangue na província do  Namibe, disse ao Jornal de Angola que vários apelos têm sido feitos a todas as organizações, mas são poucos que aceitam participar da acção humanitária.
“O stock de sangue no hospital é muito reduzido. Deparamo-nos sempre com a falta de sangue, porque trabalhamos com dadores familiares. Temos poucos dadores voluntários para acudir a carência que se faz sentir, principalmente na maternidade e no hospital provincial”, disse.
Maria Lisboa chamou a atenção aos doadores que comercializam o sangue, tendo condenado tal prática. Reconheceu o empenho dos fiéis  das  Igrejas Universal do Reino de Deus e da União das Igrejas Evangélicas por serem as únicas a fazerem doação de sangue com regularidade.

Tempo

Multimédia