Províncias

Estações de tratamento de água ficam concluídas no próximo ano

As obras de construção das duas estações de tratamento de água potável e águas residuais na cidade do Namibe ficam concluídas em 2017 garantiu ontem, naquela cidade, o director provincial das Águas.

Água potável chega cada vez mais próximo das comunidades distantes da cidade do Namibe
Fotografia: Marcelo Manuel

Arlindo Tavares disse que as obras de ampliação, melhoria do abastecimento e tratamento de água potável e construção de uma estação para águas residuais, que tiveram início em 2013, orçadas em 100 milhões de dólares americanos, vão abranger todo o casco urbano e a periferia do município sede.
De acordo com o entrevistado,  a estação de tratamento de água potável terá capacidade de 20 mil litros cúbicos/dia e vai abastecer igualmente o bairro 5 de Abril, o mais populoso do Namibe, que enfrenta sérios problemas de abastecimento desde 2005. O projecto, segundo o director, terá uma rede moderna, numa extensão de 52 quilómetros, cujo funcionamento de bombagem será feito a partir da captação central do Benfica para os tanques de armazenamento e vai  estender-se aos  bairros Valódia, Forte Santa Rita, Juventude, Saco Mar e imediações do aeroporto.
Arlindo Tavares disse que este novo sistema de abastecimento e distribuição de água potável vai, numa primeira fase, beneficiar 18 mil residências com os sistemas de contadores ligados devendio, posteriormente, o projecto estender-se até às demais residências.
O governo, acrescentou, tem vindo a envidar esforços para melhorar os sistemas de abastecimento de água potável a nível dos cinco municípios, substituindo toda a conduta velha por uma nova, trabalho que requer a colaboração dos munícipes no que diz respeito à informação sobre algumas ligações anárquicas.

Tempo

Multimédia