Províncias

Falta de verbas atrasa execução de projectos

A falta de verbas está a condicionar a execução de alguns projectos sociais na província do Namibe, concretamente, os ligados ao sector da Educação, que permitiriam a construção de mais escolas do  I e II ciclo, de acordo com os deputados do grupo parlamentar da UNITA. 

 

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Numa visita de trabalho de três dias, os deputados da UNITA constataram, no município de Moçâmedes, que muitas obras estão paralisadas devido a falta de verbas para o seu arranque e outras para o seu término.
No final da visita, a coordenadora do grupo parlamentar da UNITA, Amélia Judith Ernesto, disse que a falta de verbas tem condicionado a concretização de muitas obras que futuramente poderiam melhorar a vida das populações, sobretudo aquelas que vivem nas zonas rurais, como escolas, centros e postos de saúde e saneamento básico.
Os deputados, que visitaram também as empresas do sector pesqueiro no município do Tômbwa, mostraram-se satisfeitos com o número de jovens que conseguiram o seu primeiro emprego. 

Tempo

Multimédia