Províncias

Formação pedagógica para os novos docentes

Manuel de Sousa | Namibe

Professores do ensino geral na província do Namibe participaram recentemente num seminário de formação pedagógica, que antecede o arranque do presente ano lectivo.

Professores do ensino geral na província do Namibe participaram recentemente num seminário de formação pedagógica, que antecede o arranque do presente ano lectivo.
Durante uma semana, os professores discutiram assuntos ligados ao processo de ensino e aprendizagem, metodologias de ensino, planificação das aulas, gestão da sala de aulas, bem como trocaram experiências.
Para o director da escola secundária do I ciclo “Gabriel Kwanhama”, Oliveira Pitra, os seminários de capacitação são benéficos, porquanto potenciam os professores com mais competências técnicas, pedagógicas, políticas e humanas, de forma a poderem ter um desempenho eficaz na sala de aula.
O professor Oliveira Pitra aconselha os professores a trabalharem de forma diferente, já que há o desafio de melhorar o aproveitamento do ano transacto. “Temos que trabalhar de outra forma, mudar de consciência e de actuação”, disse o director, acrescentando que “os alunos são chamados a aplicaram-se mais, importarem-se mais com o aprendizado e a cumprirem com os regulamentos das escolas”.
Os pais e encarregados de educação foram chamados, mais uma vez, a fazerem um acompanhamento consentâneo aos seus educandos, de forma a estarem na escola de corpo e alma, ter compromisso com o ensino, para que os resultados educandos, no fim do ano, sejam positivos.
Sandra de Sousa, professora de língua portuguesa da referida escola, defende que estes treinos pedagógicos são muito importantes, porque servem também para a troca de experiências.
Manuel Kangombe, professor de língua inglesa, na escola do II ciclo Welwitshia Mirabilis, afirma que os refrescamentos fazem com que os professores encarem com mais responsabilidade a tarefa de leccionar.
Esta foi a primeira jornada programada para antes da abertura do ano lectivo e, no decurso deste ano, os professores vão beneficiar de acções de refrescamento quinzenais, de forma a garantir que os agentes da Educação possam estar a altura dos desafios do sector.

Tempo

Multimédia