Províncias

Fornecimento de energia eléctrica garantido durante a quadra festiva

João Upale | Namibe

O fornecimento de energia eléctrica, durante a quadra festiva, no Namibe e no Tômbwa é ininterrupto, disse, ao Jornal de Angola, o director provincial da Empresa Nacional de Electricidade (ENE).

Governo da província pretende garantir festas tranquilas de Natal e passagem de ano aos habitantes dos dois principais municípios
Fotografia: Afonso Costa | Namibe

O fornecimento de energia eléctrica, durante a quadra festiva, no Namibe e no Tômbwa é ininterrupto, disse, ao Jornal de Angola, o director provincial da Empresa Nacional de Electricidade (ENE).
Vidal Gonçalves justificou as constantes restrições na distribuição de energia eléctrica, principalmente na cidade do Namibe e periferia, verificadas nos últimos dias, com um défice de produção de cerca de 25 por cento.
A situação, referiu Vidal Gonçalves, foi normalizada, no fim-de-semana, com uma intervenção no sistema, que permitiu recuperar alguma potência disponível na central termoeléctrica do Xitoto.
A cidade do Namibe, declarou, de uma forma geral, tem energia eléctrica sem restrições desde segunda-feira e no Tômbwa, a situação também é satisfatória.
Durante a quadra festiva, afiançou, a situação vai manter-se.    
O director provincial da ENE disse que, como acontece todos os anos por esta altura, foi criado um serviço de piquete para garantir a operacionalidade dos serviços, que começa a funcionar já amanhã ininterruptamente.

Expansão da rede   

Vidal Gonçalves lembrou que está também em pleno funcionamento uma central a diesel que debitar 10 mega watts e que a barragem   hidroeléctrica da Matala já não consegue satisfazer as cidades Lubango e Namibe, que cresceram        bastante em termos de consumo de energia eléctrica.
No âmbito dos acordos de cooperação entre Angola e a China, disse, uma empresa daquele país está a reabilitar e a expandir a rede eléctrica nas cidades do Namibe e do Tômbwa, cujos trabalhos devem estar concluídos em Julho.
O projecto, orçado em 47 milhões de dólares, revelou, contempla a construção de 22 postos de transformação, de cerca de seis quilómetros de rede subterrânea de média tensão, 34 de rede área de média tensão, 145 de rede de baixa tensão e 50 de rede de baixa tensão subterrânea e 11 mil ligações.
Além disso, referiu, vão ser colocados três mil focos luminosos nas ruas da cidade do Namibe, em particular na periferia onde a rede é área, e no Tômbwa, expandida a rede de média tensão até à localidade do Pinda, o que melhora a linha de distribuição.    
No bairro 5 de Abril, o mais populoso da cidade do Namibe, declarou, vão ser instalados mais quatro postos de transformação para fazer chegar a rede eléctrica às novas construções e edificadas novas redes de distribuição aérea, que permitem a colocação de candeeiros públicas.  Estas obras, referiu, devem também estar prontas em Julho.   
O governo provincial começou a reabilitar recentemente a rede de iluminação pública da cidade do Namibe, o que permite que a rua Marginal esteja totalmente iluminada.  O processo vai contemplar outras artérias, entre as quais a rua 10 de Dezembro, à entrada da cidade, e algumas da periferia.

Tempo

Multimédia