Províncias

Governador lamenta paralisação da indústria

? João Upale | Tômbwa

O governador do Namibe disse que está preocupado com a paralisação de algumas indústrias pesqueiras na vila do Tômbwa.

Archer Mangueira visitou fábricas de transformação de pescado na vila do Tômbwa paralisadas há vários anos
Fotografia: Rafael Tati / Edições Novembro|Namibe

Archer Mangueira fez estas declarações à imprensa no final de uma visita á localidade, situada a 95 quilómetros da capital da província, Moçâmedes.
“A mim preocupa o facto de indústrias pesqueiras no Tômbwa estarem paralisadas, pois o país está numa fase de projecção da diversificação da economia”, lamentou o governador, que prometeu “nos próximos dias” trabalhar com parceiros do sector para inverter o quadro.
Para o governante, há soluções que podem ser combinadas sem prejuízo das políticas que têm estado a ser implementadas no sector industrial .
“As soluções combinadas podem evitar a paralisação total do sector, e contribuírem para o equilíbrio da balança de pagamentos. Temos de diversificar as fontes de receitas deste município, que tem capacidade instalada para a promoção das exportações”, disse Archer Mangueira.

PIIM />O Plano Integrado de Intervenção nos Municípios vai contemplar, no do Tômbwa, os sectores da Educação, Saúde e saneamento básico.
Archer Mangueira promete um “acompanhamento rigoroso” da preparação e da implementação do programa, “não só no Tômbwa, como também nos restantes municípios”. No encontro que teve com representantes da sociedade civil, o governador ouviu as principais inquietações dos munícipes, como o estado degradado das estradas, amontoados de lixo , requalificação da vila, falta de transporte público para apoiar os estudantes que se deslocam a capital da província, Moçâmedes, proliferação de igrejas e seitas religiosas, entre outras questões que travam o bom andamento da localidade do Tômbwa.
Depois de auscultar as preocupações que assolam ao município , o governador prometeu trabalhar para dar solução aos problemas a breve trecho.

Tempo

Multimédia