Províncias

Governador do Namibe ausculta os vendedores

O governador da província do Namibe, Rui Falcão, inteirou-se na semana finda, no município de Moçâmedes, dos principais problemas que afligem os mais de mil vendedores do mercado 5 de Abril.

Governador da província do Namibe
Fotografia: Edições Novembro


No encontro denominado “O governador e as comunidades”, os vendedores apresentaram como principais preocupações a falta de policiamento dentro e fora do recinto, maior controlo dos fiscais da Administração Municipal, energia eléctrica, água, melhoria da via de acesso e aumento de espaço para as vendas.
Os vendedores levantaram ainda a questão da concorrência desleal entre os armazéns grossistas e retalhistas junto do mercado, criando assim alguns transtornos nos vendedores que fazem a venda de produtos alimentares.
As mulheres pediram a construção, junto do recinto, de uma creche para acomodação dos seus filhos e aumento de salas de aula, não só para a alfabetização, mas também para aquelas crianças que se encontram em recuperação.
Em resposta, o governante disse que alguns problemas poderão ser resolvidos de imediato, como a política de venda a grosso e a retalho, fornecimento de energia eléctrica e água e outros serviços sociais, como escolas e creches. Rui Falcão aconselhou a Administração Municipal a controlar melhor o trabalho dos fiscais, para que haja uma melhor colaboração com os vendedores e assim arrecadar-se receitas, que permitirão melhorar as condições do mercado.
“A nível das escolas, o que temos projectado é a construção de campos polivalentes para a prática desportiva dos nossos alunos e estudantes”, acrescentou.
No final, Rui Falcão mostrou-se satisfeito com o nível de organização e disciplina dos vendedores deste mercado, tendo apelado a continuarem a trabalhar com o Governo Provincial.
Encontros do género já foram efectuados nos bairros Valódia e Cassange, no município do Virei, Camucuio, Bibala e Tômbwa.

Tempo

Multimédia