Províncias

Juventude sensibilizada para medidas preventivas

Manuel de Sousa | Ondjiva

Estudantes de vários níveis académicos e representantes de organizações juvenis do Namibe estão a ser mobilizados desde ontem e até sábado, por meio de palestras, para reforçarem as medidas de prevenção contra a sida.

Fotografia: JAIMAGEM

Organizada pela Associação dos Activistas e Pessoas Vivendo com VIH, as palestras pretendem criar um intercâmbio de informações  e contribuir para a diminuição da infecção no seio da comunidade, principalmente na camada juvenil.
Com a iniciativa pretende-se  contribuir para a diminuição do estigma e discriminação das pessoas que vivem com o vírus e mobilizar a sociedade namibense para um comportamento digno em relação às pessoas infectadas, despertando o amor ao próximo. Para o êxito da campanha, os membros da associação trabalham nas escolas, igrejas, empresas e em outras associações, com vista a divulgar as formas de prevenção do vírus da sida.

Controlo de endemias


O chefe de departamento de saúde e controlo de endemias  do Namibe, Franco Mufinda, disse que a província  registou os três primeiros casos de VIH-sida em 1992. Nesta altura, acrescentou, faltavam conhecimentos por parte dos habitantes e tecnologia para o acompanhamento dos doentes.
De 2002 a 2006  mais de sete mil pessoas fizeram testes e os casos positivos chegaram a 500.

Resposta global

O chefe de departamento de saúde e controlo de endemias da direcção provincial , Franco Mufinda, disse que se pretende, com as 84 unidades sanitárias existentes na província dar uma resposta cabal ao problema de VIH-sida, numa altura que só existe uma cobertura de 67.8 por cento.
O responsável aconselhou os jovens, actores sociais e os profissionais de saúde ligado ao fenómeno a continuarem a realizar acções para diminuir os casos, informando, educando e capacitar sempre a sociedade sobre o fenómeno.
Franco Mufinda defendeu ainda o alargamento dos serviços sanitários, apresentação de dados fiáveis, acompanhamento das crianças e o reforço do aconselhamento das pessoas vivendo com a doença para um maior controlo.

Tempo

Multimédia