Províncias

Menores estão a ser reabilitados

Manuel de Sousa | Moçâmedes

O Centro de Reabilitação e Aconselhamento de Toxicodependentes do Namibe “Cruz Azul”, aberto em 2014 com intuito de acolher jovens e adultos dependentes do álcool e de outras drogas, recebeu no ano passado sete menores, situação que preocupa a direcção da instituição.

Fotografia: Dr

“É uma situação constrangedora porque trabalhar com crianças é muito difícil”, disse o responsável do centro. Segundo Domingos Chimucu as crianças começam por ver os progenitores e familiares directos a fazerem o uso de álcool e de outras drogas e tendem a seguir o exemplo. 

A falta de água preocupa a direcção do centro, que apela as entidades locais a apoiarem, evitando assim a saída dos internos. Os pais e encarregados de educação e familiares dos toxicodependentes, acrescentou, apoiam com valores simbólicos, que vão dos 10 aos 15 mil kwanzas mensalmente, para a melhoria da dieta alimentar e a compra de material de limpeza.
Segundo Domingos Chimucu, muitos jovens reabilitados são funcionários do centro, o que motiva a continuidade do trabalho de recuperação dos toxicodependentes. Aberto em 2014, o centro já acolheu mais de 200 pacientes.

Tempo

Multimédia