Províncias

Mortes por malária reduziram no Namibe nos últimos tempos

As entidades sanitárias do Namibe registaram 150 casos de óbitos provocados por malária, em 2017, em cinco municípios,num total de 100 mil casos diagnosticados, registando-se uma redução, em comparação a 2016, de 700 óbitos.

De acordo com o director provincial da saúde no Namibe, Frango Mufinda, que falava durante o acto da abertura da quarta edição da quitanda da saúde, a redução dos casos é fruto do trabalho de educação e sensibilização junto das  comunidades, com vista a melhoria do saneamento básico. Por outro lado, o responsável disse que tem aumentado o número de adesão das pessoas ao teste voluntário de HIV/Sida com uma cifra de 20 mil utentes testados por ano. Em 2017, de acordo com a notícia da Angop, a tuberculose registou maior número de casos de morte com 197 óbitos contra 150 de malária.

Tempo

Multimédia