Províncias

Namibe ganha hospital de referência

João Upale| Moçâmedes

O Hospital Provincial Ngola Kimbanda, na cidade de Moçâmedes, capital do Namibe, vai tornar-se uma unidade sanitária de referência, quando estiverem concluídas as obras de reabilitação das suas infra-estruturas físicas, visando um serviço de melhor qualidade aos pacientes, informou ontem o governador provincial.

Quando estiverem concluídas as obras de reabilitação da unidade sanitária de referência os serviços de assistência médica vão melhorar
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

Rui Falcão assegurou que a continuidade das obras, paralisadas há algum tempo, acontece depois de ser desbloqueada, nos próximos dias, uma tranche contida na Linha de Crédito da China, que vai permitir a aquisição dos meios para o seu apetrecho, com equipamentos tecnológicos de última geração, e outras valências, a serem evidenciadas do ponto de vista médico e medicamentoso.
A melhoria da qualidade de bens e serviços vai ser extensiva a outras unidades sanitárias das demais localidades, de acordo com o governador, que falava numa conferência sobre o desenvolvimento económico, social e cultural da província do Namibe, dirigida aos estudantes universitários que representam a província, na décima quinta edição do Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitários (CANFEU), a ter lugar na província da Lunda Norte.
O governante partilhou com os jovens, as grandes linhas de força rumo ao desenvolvimento da província, a fim de transmitirem aos demais participantes do encontro. Rui Falcão falou da melhoria substancial de todos os sectores da vida económica, social, cultural e turística da província, no período da sua governação, desde Maio de 2013, com destaque para a restauração da ponte sobre o rio Giraúl de Cima.
No sector da Educação, o governador apontou a recente inauguração de escolas do primeiro e segundo ciclos.  No leque das novas infra-estruturas está incluída a Academia de Pescas, que também arranca nos próximos tempos, com três faculdades. A referida instituição tem 31 laboratórios, equipados com tecnologia de ponta.
 “Os jovens vão puder usufruir de ensino de qualidade”, garantiu o governador provincial, Rui Falcão, que anunciou, ainda para este ano, a construção de dois novos institutos politécnicos no Tômbwa e em Moçâmedes, para servir de reforço à Academia de Pescas.
O governante enalteceu as qualidades do sector da Educação na província, afirmando que o Namibe é o “número um” no sistema de ensino de qualidade em Angola. Rui Falcão elogiou o trabalho do director provincial da Educação, Pacheco Francisco.
 “Devem transmitir no Canfeu onde vão participar,  que ele é o melhor do país,” recomendou.
O surgimento de novas indústrias, quer na área das pedras ornamentais, quer do plano de requalificação do sector pesqueiro, principalmente no município do Tômbwa, constitui uma “mais-valia para combater o desemprego sem pensar unicamente no sector público, segundo o governador, que afirmou, peremptoriamente, que a vila do Tômbwa está a voltar a ser uma potência do sector pesqueiro, fruto da aposta séria na recuperação das infra-estruturas de pesca, em parceria com o sector privado.
O governador provincial,Rui Falcão, adiantou que nos próximos dias, o Tômbwa vai carecer de trabalhadores para se ocuparem das oportunidades de emprego oferecidas, pelo ressurgimento de muitas empresas no ramo pesqueiro e não só. O Governador pediu aos jovens para transmitirem, no Canfeu, esta informação.

Tempo

Multimédia