Províncias

Pescadores artesanais têm apoios do BUE

Vladimir Prata |Tômbwa

Trabalhadores ligados ao sector da pesca artesanal no município do Tômbwa têm agora mais oportunidades de melhorar os equipamentos e fazer crescer os negócios, com a abertura do primeiro Balcão Único do Empreendedor, disse o administrador municipal.

As regiões ligados à pesca e outros pequenos ofícios devem aproveitar as opurtunidades que o BUE no município do Tômbwa oferece
Fotografia: Dombele Bernardo

Trabalhadores ligados ao sector da pesca artesanal no município do Tômbwa têm agora mais oportunidades de melhorar os equipamentos e fazer crescer os negócios, com a abertura do primeiro Balcão Único do Empreendedor, disse o administrador municipal.
João Guerra falava durante a inauguração do terceiro BUE da província do Namibe e disse esperar que os futuros empreendedores possam também ter condições de ajudar o Executivo a encontrar soluções para combater a pobreza.
“O programa de combate à pobreza foi concebido em todos os municípios, hoje, com a abertura do Balcão Único do Empreendedor, cremos que quem tiver iniciativa empresarial tem aqui um começo para fazer crescer o seu negócio”, salientou João Guerra.
Os munícipes ligados à pesca, agricultura e outros pequenos ofícios, referiu, devem aproveitar as oportunidades que o BUE do município do Tômbwa oferece.
O balcão foi inaugurado pelo governador provincial, Isaac dos Anjos. O governador fez igualmente a entrega de uma habitação nova e mobilada ao soba grande do Tômbwa e inaugurou a escola do segundo ciclo Dr. António Agostinho Neto, reabilitada recentemente.
No mesmo dia, o governador do Namibe visitou o Hospital Municipal do Tômbwa, onde se inteirou do seu funcionamento e dos problemas causados pela falta de alguns serviços, como é o caso de um aparelho de Raios X. Isaac dos Anjos ofereceu uma ambulância nova e prometeu apoiar a expansão daquela unidade saúde que carece de casa mortuária e enfermaria para doentes com tuberculose e outras doenças infecto-contagiosas.Isaac dos Anjos na sua visita ao Tômbwa visitou a captação de água do rio Curoca e inteirou-se das obras de construção de 200 fogos habitacionais na reserva fundiária do município. />Também teve contactos com empresas do sector das pescas, como a Empesul, RJ Comercial e Fropesca. Ontem, o governador deslocou-se à comuna do Iona para conhecer o Parque Nacional e visitar a foz do rio Cunene. O regresso à capital do Namibe está previsto para hoje.

Obras em Cainde

As obras da nova administração da comuna de Cainde, no município do Virei, estão paradas, há mais de seis meses, por incapacidade do empreiteiro contratado para a sua execução. A empreitada estava a cargo da empresa Pedro e Alex Construções e tinha como fiscal a empresa Wilven Projectos e Fiscalização. Começou no início de 2011, mas até ao momento a estrutura não passou da base.
A administradora municipal do Virei, Juliana Fonseca, disse que uma parte do valor da obra já foi pago ao empreiteiro, mas até agora mostrou ser incapaz de dar continuidade aos trabalhos.
O governador provincial, Isaac dos Anjos, mandou fazer um novo concurso público para que outro empreiteiro seja contratado, a fim de concluir a nova administração de Cainde.  Isaac dos Anjos visitou na comuna do Cainde, o único estabelecimento comercial da localidade, uma loja onde são vendidos bens de primeira necessidade como arroz, açúcar, óleo, sabão, bolachas e conservas. Constatou igualmente o funcionamento do posto médico, posto policial e a captação de água para os habitantes da localidade.  O governador prometeu à população que a melhoria da via de acesso à comuna é uma aposta do seu governo.  Nesta altura, a empresa Tuamutunga está já a reabilitar 15 quilómetros dos 60 que separam a localidade da sede do Virei. Fundada a 11 de Novembro de 1916, a comuna de Cainde tem uma população de 12.500 habitantes que são maioritariamente pastores.

Tempo

Multimédia