Províncias

População do Camucuio de olhos pregados na TV

João Upale| Namibe

O sinal da Televisão Pública de Angola (TPA) já chega à povoação das Cacimbas e às comunas do Mamwé e Chingo, ambas no município do Camucuio, a norte da capital do Namibe.

Fotografia: Jornal de Angola

O sinal da Televisão Pública de Angola (TPA) já chega à povoação das Cacimbas e às comunas do Mamwé e Chingo, ambas no município do Camucuio, a norte da capital do Namibe.
Com este serviço, inaugurado no âmbito das celebrações dos 35 anos da Independência Nacional, os cerca 73.950 habitantes destas localidades passam a estar cada vez mais ligados ao resto do país e do mundo, através dos dois canais da Televisão Pública de Angola.
O soba grande da povoação das Cacimbas, Francisco Bernardo Caritoca, explicou que, desde o tempo colonial, os moradores desta localidade nunca tinham acompanhado os programas da televisão. A autoridade tradicional espera que sejam envidados esforços pelo governo provincial, junto das empresas de telemóvel, para que também estes serviços sejam ali instalados, para facilitar a comunicação com o resto do país e o exterior, visto a localidade se encontrar muito distante da sede capital.
A governadora provincial, Cândida Celeste, realçou que a referida inauguração representa um instrumento muito importante para a educação das comunidades.
Para possibilitar que as famílias que não possuem televisor também possam assistir às emissões da TPA, foram colocados aparelhos num jango comunitário.
Depois da instalação do sinal da estação de televisão pública, o soba grande espera que, nos próximos tempos, sejam criados alguns pontos de abastecimento de água, a partir do Munlovei, Cacimbas, Mankhondo e outras aldeias, uma vez que o rio passa mesmo ao lado destas povoações.
A par do sinal da TPA, foram ainda inauguradas outras infra-estruturas sociais, como residências para professores e enfermeiros, escolas e postos médicos. Os empreendimentos, construídos  num período de três meses com fundos da gestão municipal, foram inaugurados nas povoações de Nunhandi e Kalunvundu, município do Camucuio e estão devidamente apetrechadas com meios técnicos.
A governadora Cândida Celeste fez ainda a entrega de uma residência completamente mobilada, no município da Bibala, ao soba grande, de 84 anos.

Tempo

Multimédia