Províncias

Preservação da welwitchia assegurada com vedações

O administrador municipal do Tômbwa (Namibe), João Guerra, garantiu na terça-feira a conservação e preservação de um exemplar gigante da welwitchia mirabilis, uma planta rara do deserto do Kalahari e que nos últimos tempos tem estado a ser destruída por alguns turistas.

João Guerra referiu à Angop que a sua administração já tem em carteira um projecto para a colocação de placas e vedação da planta, que aguarda financiamento para a sua execução.
“Existe uma orientação para a construção de placas de vedação junto à gigantesca planta, para não ser destruída pelos turistas”, acrescentou, reconhecendo que a welwitchia mirabilis tem sido uma atracção para turistas e visitantes.
“Se esse projecto não for para a frente, daqui a algum tempo a planta pode ser destruída, perdendo-se um valioso postal ilustrado do Namibe e do país”, sublinhou o administrador, reiterando o empenho das autoridades do Tômbwa para a sua preservação.
O mais emblemático exemplar da welwitchia mirabilis possui mais de um metro de altura e situa-se na comuna do Iona, a 70 quilómetros da vila do Tômbwa. É uma planta rasteira formada por um caule lenhoso, que não cresce, uma enorme raiz aprumada e duas folhas em forma de fita larga, que podem atingir dois metros de cumprimento, acrescentou.

Tempo

Multimédia