Províncias

Produção de bens agrícolas com resultados satisfatórios

João Upale| Namibe

A produção agrícola da província do Namibe está a dar em bons resultados, apesar da estiagem que teve efeitos negativos na actividade dos agricultores, camponeses e criadores de gado, assegura uma nota do Governo Provincial divulgada na quinta-feira.

Camponeses aguardam por uma boa safra
Fotografia: Jornal de Angola

O programa “Lavra familiar” já produziu 700 quilos de tomate, numa área de 0,5 hectare de terra, dos 36 disponíveis, onde 56 famílias são os principais beneficiários.
Para facilitar o desenvolvimento da actividade agrícola, aberta recentemente, foram instalados 11 furos de água para a irrigação das lavouras na localidade do Cavelocamwe, município do Virei.
“A população já está sensibilizada e o primeiro ensaio feito nesta região está a produzir resultados animadores”, refere o Governo Provincial, adiantando que eles são fruto do árduo trabalho desenvolvido por agricultores e camponeses. Os homens do campo, além de exercerem a actividade para o seu autosustento, têm de acatar a mensagem do Governo quanto à necessidade de incrementar a produção nacional para a auto-suficiência alimentar.
O Governo Provincial do Namibe participa desse esforço com a concessão de sementes, fertilizantes, alfaias agrícolas e a facilitação de créditos junto das agências bancárias. A nota salienta que é com a produção agrícola que o Governo entende que se deve combater os cíclicos efeitos da seca, promovendo a sedentarização da população do interior, através da abertura de furos e criação de lavras unifamiliares.Quanto à actividade agrícola normal, foram produzidas, ao longo do terceiro trimestre deste ano, 16.635 toneladas de produtos diversos, numa área equivalente a 1.210 hectares.
Desta produção destaca-se a banana, com 1.044 toneladas, tomate (9.405), repolho (945), cebola (847,5), mandioca (610) e milho (98), num envolvimento de 24 cooperativas agrícolas e 125 associações de camponeses, num total de 15.897 pessoas que trabalharam na campanha agrícola de 2012/2013.Das 161 aldeias que compõem a província do Namibe, 139 são assistidas.

Tempo

Multimédia