Províncias

Reforçado conteúdo de várias disciplinas

O director provincial da Educação do Namibe solicitou sábado maior empenho e rigor aos docentes nas suas actividades laborais.

Formação vai contribuir para melhorar a vida nas comunidades académicas
Fotografia: Domingos Cadência

Pacheco Francisco, que falava no encerramento do seminário sobre literacia financeira, disse que os conteúdos leccionados durante a formação, que contou com a participação de professores de português, inglês, francês, matemática e de história, vão ser introduzidos em várias disciplinas curriculares, contribuindo assim para a melhoria da gestão financeira no seio das comunidades académicas.
“Sabemos da necessidade da formação para os estudantes e desta forma devem ter em sua posse matérias de gestão financeira na conjuntura familiar, tendo em conta que cada parte da vida e do ser humano depende de uma boa educação e de como saber poupar e gerir bem os recursos postos à sua disposição”, disse.
O professor de língua inglesa Feliciano Catchiyaya, garantiu que os docentes formados com matérias sobre literacia financeira estão prontos a transmitir conhecimentos em todas as instituições escolares dos cinco municípios, sobretudo no I e II ciclo do ensino secundário.
“Nesta acção formativa tomámos vários conhecimentos ligados à gestão financeira e daqui para diante urge despertar e transmitir de forma sábia tudo quanto foi aprendido”, reforçou.
Entretanto, a segunda edição provincial da feira do inventor e criador da província do Namibe foi aberta sábado, numa acção da Direcção Provincial da Ciência e Tecnologia.
A feira conta com a participação de mais de 20 expositores e nela estão expostas matérias ligadas a electricidade, construção civil, mecânica, física, química, informática, entre outras.
A feira do inventor e criador angolano é uma actividade técnico-científica que se realiza com a participação de inventores como forma de lhes proporcionar a possibilidade de mostrarem os seus projectos (criação, inovação, raciocínio lógico) e seus conhecimentos no campo técnico-científico.Um dos objectivos da feira é desenvolver uma cultura local assente na base da criatividade e inovação, proporcionando a verdadeira integração da ciência, tecnologia e inovação na estratégia de desenvolvimento do país.
O evento visa ainda incentivar a população a promover a transferência de conhecimentos produzidos nas instituições de investigação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação para o sector produtivo, bem como a criação de plataformas ou redes de negócios e a promoção de competitividade entre os diferentes actores do Sistema Nacional de Ciência.

Tempo

Multimédia