Províncias

Segunda fase da construção começa este mês

A segunda fase da construção de 100 casas para jovens na cidade do Namibe, no quadro do projecto “Angola jovem”, arranca este mês, garantiu à Angop o engenheiro Pedro Augusto.

A segunda fase da construção de 100 casas para jovens na cidade do Namibe, no quadro do projecto “Angola jovem”, arranca este mês, garantiu à Angop o engenheiro Pedro Augusto.
As obras, acrescentou, empregam 40 trabalhadores da empresa Omatapalo e têm uma duração estimada em seis meses.
De acordo com o engenheiro Pedro Augusto, as casas terão características arquitectónicas diferentes das primeiras 92 residências do projecto, possuindo 100 metros quadrados contra os 75 das anteriores.
A planta das moradias tem três quartos, entre os quais uma suite e uma casa de banho, sala e cozinha, além de uma dispensa.
A urbanização da área envolve a criação de infra-estruturas integradas, como escolas, posto médico, centros infantis, zonas de lazer para a prática de desportos colectivos e posto policial.
O secretário executivo do Conselho Provincial da Juventude, António Vidigal, afirmou que a execução do projecto vai diminuir as dificuldades que os jovens enfrentam actualmente para obter casa própria.
Os primeiros contemplados com o projecto “Angola Jovem” estão a cumprir as cláusulas contratuais junto da instituição bancária que financiou a compra das casas na província do Namibe, onde estão em execução vários projectos de impacto social.

Tempo

Multimédia