Províncias

Vacinação de gado no Namibe

Pelo menos 22.587 cabeças de gado bovino foram vacinadas contra o carbúnculo hemático e sintomático e febre aftosa na província do Namibe, de Maio a Agosto último, muito aquém dos 155 mil previstos, segundo o relatório dos serviços de veterinária local.

Pelo menos 22.587 cabeças de gado bovino foram vacinadas contra o carbúnculo hemático e sintomático e febre aftosa na província do Namibe, de Maio a Agosto último, muito aquém dos 155 mil previstos, segundo o relatório dos serviços de veterinária local.
De acordo com o documento, distribuído ontem à imprensa, no período homólogo do ano transacto foram imunizados 130.669 cabeças de gado.
Os serviços de veterinária perspectivaram, para este ano, vacinar cerca de 155 mil cabeças de gado, facto que não aconteceu devido a chegada tardia das vacinas, o que impossibilitou a adesão em massa dos criadores e o não cumprimento dos dias previstos.
O documento aponta ainda como outros factores para a fraca adesão dos criadores nas campanhas o mau estado das mangas de vacinação, fraca mobilização e sensibilização, além da insuficiência de rede de frio para conservação das vacinas.
Para o êxito de campanhas futuras, sugere-se ao ministério de tutela a criação de condições para vacinar os animais nas épocas chuvosas (Fevereiro, Março e Abril), construção e reabilitação das mangas de vacinação em mau estado, aquisição e distribuição de equipamentos para os técnicos vacinadores.

Tempo

Multimédia