Províncias

Notificados novos casos de VIH/Sida

Novos casos de VIH/Sida foram registados durante o ano de 2015, no município do Ngonguembo, província do Cuanza Norte. O total foi de dez casos, mais sete em relação a igual período do ano anterior, informou na quinta-feira, na vila do Quilombo dos Dembos, o responsável do Centro de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV).

Jorge Zumba esclareceu à Angop que as novas infecções foram detectadas num universo de 663 testes realizados de Janeiro a Dezembro do mesmo ano. Entre os novos infectados constam duas gestantes, igual número de crianças e  jovens do sexo masculino, e quatro mulheres que aderiram aos testes voluntários que determinaram ainda 652 casos negativos e um indeterminado.
O aumento dos casos é fruto da negligência de alguns cidadãos que insistem em não observar os métodos de prevenção da doença, sobretudo o uso de preservativos nas relações sexuais ocasionais.
Os testes foram realizados em 200 crianças, 300 mulheres, entre grávidas e em idade fértil e em 163 homens.
No período em análise, a instituição distribuiu dois mil preservativos masculinos e 1.500 femininos, tendo realizado igualmente várias palestras no âmbito da sensibilização das comunidades para a prevenção do Sida, onde destacou a exibição de uma peça teatral intitulada “Sinto o cheiro da morte”, pelo grupo Omala Veto Veya, da província do Bié.
O CATV controla três doentes que se encontram a efectuar a terapia com anti-retrovirais no município e dez outros que recebem assistência em unidades sanitárias de Ndalatando (sede da província) e Luanda.

Tempo

Multimédia