Províncias

Nova operadora para passageiros

António Capitão | Uíge

Uma nova operadora de transportes públicos, denominada TC Autocarros S.A., do grupo empresarial angolano Tchiungo Corporation, deu início, na sexta-feira, à actividade de transporte de passageiros na província do Uíge.

Aos esforços do Governo no sentido de oferecer transportes públicos à população juntam-se operadores privados
Fotografia: JA

Uma nova operadora de transportes públicos, denominada TC Autocarros S.A., do grupo empresarial angolano Tchiungo Corporation, deu início, na sexta-feira, à actividade de transporte de passageiros na província do Uíge.
 Piedade Samuel Hebo, vice-governadora provincial para a área Social, descerrou a placa e inaugurou uma agência de viagem, na rua Pioneiro do Congo.
 Depois de percorrer a sala de embarque, bilheteira e outras áreas da operadora de transportes públicos, a vice-governadora disse que o surgimento da TC Autocarros é uma valia para a província, uma vez que vai contribuir para a melhoria do transporte de pessoas e bens na região.
 “A abertura de mais uma agência de viagens é uma valia para a província, tendo em conta a concorrência, pois vai contribuir para a melhoria das condições de transporte de passageiros e dos seus bens para a capital do país”, disse  a vice-governadora Piedade Samuel Hebo.
A vice-governadora manifestou ainda a disponibilidade do executivo local para credenciar empresas que pretendam investir nos diferentes sectores, com vista ao desenvolvimento da província.
 Nesta fase inicial, a Tchiungo Corporation vai operar com 10 autocarros, na rota Uíge-Luanda e vice-versa. Cada um dos autocarros tem 54 lugares e o percurso vai custar aos passageiros três mil kwanzas.
 A empresa prevê alargar as suas rotas para as províncias de Malange, Kwanza-Sul e Moxico e instalar postos de pronto-socorro ao longo do troço compreendido entre a ponte sobre o rio Dange e a cidade do Uíge, para facilitar a remoção de veículos avariados.

Tempo

Multimédia