Províncias

Novas escolas na Cameia

Daniel Benjamim | Cameia

O  município da Cameia tem a partir do próximo ano mais quatro escolas, com capacidade no total para 1.350 alunos divididos em dois turnos, construídas  no âmbito do Programa  de Investimentos Públicos.

Governador avaliou a execução de projectos de impacto social em curso na região
Fotografia: Daniel Benjamim

As novas escolas, cujas obras são concluídas no início do próximo ano, situam-se nos bairros Fogo, Cazeze e Lunguia, arredores da sede do município da Cameia.
O governador João Ernesto Liberdade afirmou que o plano de construção de escolas e outros equipamentos sociais são prioridades do governo provincial do Moxico. O Governo Provincial, disse, continua empenhado em garantir as melhores condições de vida à população, principalmente em termos de acesso à saúde, educação, energia eléctrica, á­gua potável, habitação social e promoção do emprego,
No município  da  Cameia, lembrou, foram construídas escolas,   hospital, posto médico, casas sociais e foi consignada recentemente a construção da estrada Luena/Lumege Cameia.  O Governo Provincial, referiu, identificou os principais problemas das comunidades e vai continuar a executar programas concretos tendo em conta a realidade das populações e garantir uma vida adequada aos habitantes da região.
O governador prometeu  a construção de mais escolas, unidades sanitárias, melhoria das vias rodoviárias, redução do número de crianças fora do sistema de ensino e a admissão de mais professores. 
O administrador municipal do Lumege Cameia, Rodrigues Sacuaha,  que disse estar satisfeito com os progressos que o município regista, reafirmou a disposição de continuar a trabalhar para garantir à população  os serviços essenciais básicos,  com a construção de mais escolas, postos e centros médicos em várias localidades.
João Ernesto Liberdade visitou obras de construção de e­quipamentos sociais e entregou 20 casas evolutivas a antigos combatentes.

Tempo

Multimédia