Províncias

Novos casos de tuberculose no Cunene e Bié

Mais de 300 casos de tuberculose foram registados nas províncias do Cunene e do Bié, durante o ano em curso.
No Cunene foram registados 65 novos casos, de Janeiro a Setembro, no Hospital Municipal de Namacunde, dos quais três terminaram em morte.

Mais de 300 casos de tuberculose foram registados nas províncias do Cunene e do Bié, durante o ano em curso.
No Cunene foram registados 65 novos casos, de Janeiro a Setembro, no Hospital Municipal de Namacunde, dos quais três terminaram em morte.
A responsável local do programa de combate à tuberculose, Juliana Diogo, disse que, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, houve um aumento de 20 casos, na sua maioria pacientes com idades compreendidas entre os 30 e 50 anos.
 Juliana Diogo referiu que os técnicos do sector têm realizado palestras para mobilizar e sensibilizar a população, tanto sobre as vias de transmissão quanto em relação à prevenção da tuberculose, no quadro do programa que visa o seu combate.

Bié

O sector da Saúde, através do programa de controlo da tuberculose, notificou, durante o primeiro semestre deste ano, 287 casos da doença na província do Bié.
Um documento enviado ontem à Angop, refere que, dos casos registados, 141 beneficiaram de alta por melhoria, quatro abandonaram o tratamento e 17 resultaram em óbitos.
 O documento salienta ainda que o departamento de luta contra a lepra na província controla 127 doentes, dos quais 31 foram dignosticados durante o primeiro semestre de 2009, estando 15 já curados.
 No mesmo período, de acordo com o relatório, foram ainda notificados 15.854 casos de doenças diarreicas agudas, 26.930 de infecções respiratórias agudas, resultando em 71 mortes, sobretudo em crianças menores de cinco anos. As autoridades sanitárias estão a realizar diversas campanhas para baíxar o índice de mortalidade.

Tempo

Multimédia