Províncias

Número de salas está a aumentar

O chefe da repartição municipal da Educação no município do Dala, na província Lunda Sul, defendeu no sábado a construção de uma escola do ensino especial na região, para inserir no sistema de ensino crianças com problemas visuais e auditivos, e dificuldade de aprendizagem intelectual, física e motora.

Augusto Ndjimi disse à Angop, a propósito das dificuldades do sector da Educação naquele município, que existem muitas crianças na região com necessidades especiais e vontade de a­prender a ler e a escrever, mas por falta de infra-estruturas apropriadas para o efeito não tem sido possível inseri-las no sistema normal de ensino.
A inserção destes alunos com deficiência visual, salientou o responsável da educação, vai trazer enormes benefícios para a formação individual de cada criança e permitir-lhe contribuir para o futuro do país.
Além disso, é fundamental para combater a discriminação dos alunos com necessidades especiais, algo que se ajusta ao grande objectivo do Executivo, de construir uma sociedade inclusiva, cuja educação sirva efectivamente para todos.
“O sistema de educação tem de equacionar as pessoas com deficiência como um ser humano possuidor de um potencial de aprendizagem, de um perfil intra-individual e de um repertório de comportamentos que têm de ser maximizados e optimizados pelo próprio processo educacional”, disse.

Tempo

Multimédia