Províncias

Obra na ponte sobre o Giraúl decorre a ritmo satisfatório

Vladimir Prata | Namibe

As obras da nova ponte sobre o rio Giraúl de Cima, na província do Namibe, decorrem a bom ritmo, o que indica o cumprimento do prazo de entrega da empreitada, em Março do próximo ano, garantiu, ontem, o director Provincial das O­bras Públicas.

Carlos de Sá referiu que várias visitas de constatação têm sido realizadas no local dos trabalhos, daí as garantias de que os prazos vão ser cumprir com rigor.
O director das Obras Públicas, que falava no final da cerimónia de tomada de posse no cargo, disse que os trabalhos para a reposição da ponte, destruída pelas cheias de 4 de Março de 2011, têm duração de um ano e meio.
Avaliada em mais de quatro mil milhões de kwanzas, a construção da nova ponte envolve 150 trabalhadores nacionais e 40 de outras nacionalidades.
O  director provincial das Obras Públicas disse que a ponte vai ter uma extensão de 605,70 metros, secção transversal com largura de 11,30 metros e duas vias de 3,50 metros de largura.
Carlos de Sá realçou o facto de o Governo Provincial do Namibe ter procedido à descentralização dos serviços de Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente, para os quais foram criada novas direcções. Referiu que havia uma direcção do Urbanismo, Construção e Ambiente  extremamente pesada, já que participava anualmente em seis conselhos consultivos.
"Agora, com esta separação, a­credito que temos um melhor desempenho no nosso trabalho", ressaltou o responsável das Obras Públicas do Namibe.
O director das Obras Públicas espera contribuir na edificação de vários projectos a nível da província, muitos dos quais já em fase de execução. “estamos prerados para dar  continuidade à varios projectos”, disse.Além do responsável das Obras Públicas na província do namibe , tomaram  ainda posse a directora Provincial do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente e os chefes de departamentos de dos sectores de Geologia e Minas, Juventude e Desportos, Registos, Agricultura e Desenvolvimento Rural.
O governador provincial, Rui Falcão, disse na ocasião esperar que os novos membros do governo possam dar uma maior dinâmica ao processo de governação, bem como prestar um melhor serviço público, referindo que, nos próximos dias, outros responsáveis vão tomar posse.

Tempo

Multimédia