Províncias

Obras de requalificação do Lubango orçadas em 200 milhões de dólares

João Luhaco | Lubango

As obras de requalificação no jardim de referência da cidade do Lubango, vulgarmente conhecido como Sé Catedral, destacam-se entre as demais que estão em curso na capital da província da Huíla, cujos trabalhos globais estão avaliados em 200 milhões de dólares.

Lubango está a beneficiar de obras de requalificação
Fotografia: DR

O coordenador técnico das obras, João Dinheiro, disse à imprensa que as estradas adjacentes ao jardim, tido como “cartão de visita” da cidade, estão igualmente a beneficiar de obras, assim está a ser restaurado o circuito de iluminação pública em algumas artérias da cidade. Os trabalhos deste projecto, que arrancou no dia 11 deste mês, já deram lugar a 800 postos de emprego. 

João Dinheiro informou que estão em curso obras no largo adjacente à sede do Governo Provincial da Huíla, no lendário Cine do Arco-Íris, e na estrada que liga à rotunda da Avozinha Trading, bem como na Marginal do rio Mucufi. Nestes locais estão a ser reabilitados os passeios e valas de drenagem das águas pluviais e residuais.
As obras de requalificação da cidade do Lubango, segundo o responsável, estão com 70 por cento de execução, e não fossem alguns imprevistos, sobretudo nas redes de electricidade, conduta de água, telecomunicações e a presença de solos contaminados em quase todas as áreas de intervenção, estariam mais avançadas.
O responsável disse que o facto de muitas infra-estruturas da cidade não estarem cadastradas, está a criar enormes embaraços ao andamento das obras, pois, às vezes, ao fazer-se a escavação rebenta uma conduta de água, e dificulta o andamento dos trabalhos. “Temos nos deparado com várias dificuldades para dar seguimento às obras no casco urbano, o número elevado de habitantes, o trânsito automóvel, os obstáculos que encontramos debaixo da terra, enfim, são imprevistos que atrapalham o seguimento dos trabalhos ”, disse.
“As obras”, disse, “estão a ser feitas dentro dos padrões aceitáveis, de acordo com as normas estabelecidas, com vista a responder às exigências de execução. A empreitada conta com técnicos com experiências reconhecidas”, disse João Dinheiro.

50 quilómetros já reabilitados
O coordenador das Obras de Requalificação do Lubango informou que já foram reabilitados 50 quilómetros de estradas na cidade, dos 100 previstos. Assegurou que as vias que faltam vão ser concluídas até 2020. “A segunda fase deste Projecto de Infra-estruturas Integradas vai beneficiar as restantes comunas que compõem o município do Lubango, cuja data do arranque ainda não está definida”, avançou.
Com uma superfície territorial de três mil e 140 quilómetros, o município do Lubango, teve a categoria de cidade há 96 anos.

Tempo

Multimédia