Províncias

OMA doa medicamentos a Centro Materno infantil

O Centro Materno Infantil de Saurimo,  no bairro Txizainga, beneficiou no sábado de medicamentos, equipamentos de laboratório e bens alimentares, doados pela Organização da Mulher Angolana (OMA).

Bens vão ajudar a minimizar a carência no hospital
Fotografia: Edições Novembro

Os bens foram entregues pela secretária-geral da organização, Luzia Inglês com vista a minimizar a carência de fármacos e de alimentação que a unidade regista.
Luzia Inglês  incentivou as gestantes a  irem regularmente às consultas pré-natais e a efectuarem o teste de VIH/Sida.
A secretaria -geral da Organização da Mulher Angolana encorajou  as mulheres a continuarem a apostar na formação académica, técnica e profissional, para que possam estar preparadas para o mercado de trabalho.
“Ser mãe não impede ninguém de estudar, por isso, aconselho a todas vocês no sentido de, depois de darem à luz, continuarem com a vossa formação académica”, encorajou Luzia Inglês, tendo apelado às pacientes a denunciarem os técnicos das unidades sanitárias  que tentarem a corrupção para prestarem serviço de assist~encia médica e medicamentosa. O Centro Materno Infantil de Saurimo presta serviços de consultas pré-natais, partos, pediatria, planeamento familiar, imunização, corte vertical (crianças nascidas de mães seropositivas).
A unidade sanitária, de referência na província,conta com 44 enfermeiros, dois médicos e 39 técnicos administrativos, além de pessoal auxiliar.
O Centro Materno Infantil  comporta áreas administrativas, farmácia, sala de conferências, laboratório, salas de parto e pós-parto e enfermaria.
A malária, as doenças respiratórias e diarreicas agudas, a tosse, a febre e a gravidez precoce são as patologias mais frequentes atendidas pelo Centro Materno Infantil de Saurimo.

Tempo

Multimédia