Províncias

Operadora promove Feira da Saúde

Estácio Camassete | Huambo

Mais de cinco mil pessoas da cidade do Huambo foram sábado assistidas nas consultas grátis de prevenção da malária e doenças tropicais, durante a terceira “Feira da Saúde”, promovida pela empresa de telefonia móvel Unitel.

Consultas grátis a pacientes no Huambo
Fotografia: Francisco Lopes | Edições Novembro

Na feira, realizada sob o lema “Educar para a promoção da saúde e prevenção de doenças”, foram também feitos testes de HIV/Sida e hipertensão arterial, além de os médicos terem aconselhado os pacientes sobre a importância e benefícios do planeamento  familiar e tratamento do cancro da mama, entre outros.  
O responsável da Unitel para a área da saúde, Telmo dos Santos, disse que a  realização da “Feira da Saúde” “Unitel Huambo” se enquadra na acção social da empresa e visa zelar pelo bem-estar da saúde das pessoas e dos que carecem de assistência médica de forma grátis.
Telmo dos Santos lembrou que a primeira edição da “Feira da Saúde” foi realizada em 2015 em Luanda, referindo que a ideia da operadora móvel é levar esta acção a todas as províncias do país até 2020. Com tal iniciativa, disse, pretende-se sensibilizar e ajudar a prevenir doenças com cuidados primários para que as pessoas tenham uma melhor qualidade de vida.
A “Feira da Saúde” foi promovida em simultâneo com uma palestra e, entre outros temas, abordou “Medidas de prevenção e tratamento das doenças”, “A saúde de condutor e seus males”, “Testes de  glicemia”, “Nutrição”, “Cardiologia”, “Oncologia”, “Ortopedia e fisioterapia”, “Urgências médicas” e “Medicina geral”.
Depois da província do Huambo, a Unitel vai promover feiras em Cabinda, Huíla, Malanje, Cuanza Sul e  Benguela, em que contará com o apoio   das respectivas direcções provinciais da Saúde.
O vice-governador para o sector Político e Social, Guilherme Tuluka, louvou a iniciativa da operadora móvel Unitel e manifestou o desejo de ver todas as empresas do país a escreverem nos seus programas sessões especiais de saúde.
“A Unitel está a dar uma lição muito grande ao converter os recursos que obtêm com os serviços que presta em benefício de toda a comunidade. Fico feliz de saber que a acção beneficia também aqueles que não usam os meios de telefonia móvel,” salientou. Guilherme Tuluka considera importante a realização destas feiras, daí ter sugerido que iniciativas do género fossem promovidas mensalmente e que contassem com a colaboração de outros parceiros.
A “Feira da Saúde” contou  com a participação de entidades institucionais, como o Ministério da Saúde, Governo Provincial do Huambo, Administração Municipal do Huambo, Polícia Nacional, INEMA e Bombeiros. A assistência médica foi assegurada por mais de 120 profissionais de saúde,  entre médicos, técnicos, enfermeiros e pessoal  auxiliar.

Tempo

Multimédia