Províncias

Os efeitos das drogas em discussão

Jovens de vários estratos da sociedade abordaram ontem, na cidade do Luena, capital da província do Moxico, os estragos que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e outras drogas estão a causar no seio da juventude local.

Quintas Sempieca, membro da Associação Nacional de Luta Contra as Drogas,  afirmou, na ocasião, que a juventude tem sido o maior foco das acções  da associa-ção por ser a força motriz, activa e a mais produtiva da sociedade. “Se grande parte dos jovens da província estiver virada às drogas não teremos uma força produtiva activa, teremos, sim, uma sociedade fracassada e dependente de outras nações para sobreviver”.
Quintas Sempieca disse que deve se mudar a mentalidade da juventude que engrena para o caminho das drogas. “ Devemos cultivar a mentalidade de prosperidade para que a nossa sociedade possa desenvolver”, referiu.
Por seu turno, Hermani Miji, o novo secretário executivo da Associação  Nacional de Luta Contra as Drogas,  garantiu que a órgão de que faz parte vai trabalhar com o Governo da província e a sociedade civil para combater a proliferação do consumo de drogas e o excesso de bebidas alcoólicas.
“Lutando contra às drogas estaremos também a lutar contra  a gravidez precoce e as doenças sexualmen-
te transmissíveis, pois gran-de parte dos casos registados nesta vertente são praticados por jovens”, disse Hermani Miji.

Tempo

Multimédia