Províncias

Parteiras tradicionais em Menongue recebem instrumentos de trabalho

Carlos Paulino |Menongue

Um grupo de 50 parteiras tradicionais do município de Menongue, província do Kuando-Kubango, beneficiou, no último fim-de-semana, de kits para assistência aos partos domiciliares.

Um grupo de 50 parteiras tradicionais do município de Menongue, província do Kuando-Kubango, beneficiou, no último fim-de-semana, de kits para assistência aos partos domiciliares.
A entrega dos instrumentos de trabalho foi feita durante o encerramento do seminário sobre qualidade de acompanhamento ao parto domiciliar. Gases, ligaduras, luvas, lâminas, desinfectantes, colírios e tesouras fazem parte do kit entregue para cada uma das parteiras.
Na cerimónia, o director provincial interino da Família e Promoção da Mulher, Joaquim António, disse que os meios entregues visam apoiar as parteiras tradicionais com materiais indispensáveis para um parto de qualidade e seguro.
Joaquim António sublinhou que as parteiras tradicionais desempenham um papel no auxílio para o surgimento de novas vidas humanas, nas comunidades.
“Estou convencido que os conhecimentos adquiridos vão servir de base ao longo de várias actividades de parto que serão realizadas no meio domiciliar, tendo em conta que esta formação visou dotar as parteiras tradicionais de técnicas profissionais, de modo a diminuírem os riscos associados aos partos que ocorrem nos meios domiciliares e reduzir os índices de mortalidade materno infantil na região”.
Albertina Cassambi, uma das participantes, considerou a formação uma mais-valia, tendo em conta que visa reduzir o índice elevado de mortalidade materno infantil no seio das comunidades.
“Temos tido muitos problemas com as mulheres gestantes, visto que muitas delas não gostam de ir aos hospitais para as consultas, porque preferem fazer parto em casa, e nós, como parteiras tradicionais, temos uma grande responsabilidade nessas situações”, realçou.
Albertina Cassambi afirmou ainda que têm a responsabilidade de contribuir para que a mortalidade materno infantil na província diminua consideravelmente.

Tempo

Multimédia