Províncias

Pastores fazem mestrado em Portugal

Um protocolo para a formação de líderes da Igreja Evangélica de Angola (IEA) foi assinado na sexta-feira, em Luanda, entre esta instituição e a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Um dos itens do acordo, segundo a Angop, é a criação de uma estrutura de investigação dedicada ao estudo da realidade cristã angolana. A cargo da área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, a formação inclui a Cátedra de Estudos Africanos “Reverendo Estanislau Barros”. 
Em breve, um grupo de dez pastores  vai a Portugal fazer, na mesma universidade, o Mestrado em Ciências das Religiões, além de frequentar aulas de “Introdução à Psicologia da Religião e Espiritualidade”,  “Cristianismo no contexto contemporâneo
em Angola” e “Liderança e gestão de conflitos”.

Tempo

Multimédia