Províncias

Pedida aos pais maior dedicação aos seus filhos

Victor Pedro | Sumbe

Pais e encarregados de educação foram ontem exortados, pelo chefe de repartição municipal da Educação do Sumbe, Fonseca Rafael António, no Sumbe, a aderir e a apoiar o projecto de alfabetização de menores que se encontram fora do sistema de ensino, para garantir o direito a educação aos seus educando.

Fonseca Rafael António falava numa conferência municipal sobre a criança para reforçar os mecanismos operacionais de constituição dos núcleos comunitários e escolares à luz da operacionalização da lei sobre a protecção e desenvolvimento integral da criança.
Durante a conferência, os participantes reflectiram sobre as recomendações do VII Fórum Nacional da Criança, as experiências da escola de formação de professores do Sumbe, a rede de protecção da criança e do trabalho do núcleos comunitário da Bumba, no Sumbe.
Também foi analisado o envolvimento dos actores estatais e não só, formação dirigida  a 60 activistas de educação social comunitária, alfabetização de crianças, jovens e adultos.
Nos fim dos trabalhos, os participantes recomendaram a necessidade da expansão dos núcleos comunitários em todos municípios, comunas e aldeias onde haja uma jurisdição do sobado, com vista haver maior envolvência de outros actores.
Os participantes congratularam-se com a realização da conferência e mostraram-se disponíveis para continuar a colaborar na implementação das recomendações saídas do último encontro VII Fórum Nacional da criança.  A conferência foi promovida pelo Instituto Nacional da Criança (INAC) e pela União Europeia, que tem apoiado as actividades da rede de protecção e promoção da criança.

Tempo

Multimédia