Províncias

Pessoas carenciadas no Bié beneficiam de donativos

Manuel Albano|Kuito

Cerca de 31 toneladas de bens alimentares foram entregues, ontem, por membros da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (tocoísta) ao Ministério da Assistência e Reinserção Social, no Kuito, província do Bié.

Bispo Afonso Nunes fez a entrega do donativo à directora do MINARS Isabel Afonso
Fotografia: João Gomes

Cerca de 31 toneladas de bens alimentares foram entregues, ontem, por membros da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (tocoísta) ao Ministério da Assistência e Reinserção Social, no Kuito, província do Bié.
Entre os artigos entregues destacam-se arroz, massa, bolachas, óleo alimentar, conservas de atum e leite. Os tocoístas também ofereceram sabão, cadernos escolares e 400 quilos de medicamentos, destinados ao Hospital Central do Kuito.
O gesto de solidariedade dos tocoístas teve como propósito ajudar as pessoas mais carenciadas, internadas no Hospital Central do Kuito, no município do Andulo e em Camacupa.
A directora provincial da Assistência e Reinserção Social, da província do Bié, Isabel Afonso, disse que este gesto de solidariedade também serviu para manifestar o apoio da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo aos deficientes e desmobilizados.
Isabel Afonso explicou, que o acto representou “uma amizade entre irmãos, pois as igrejas têm feito um trabalho social relevante,” acrescentando que é a primeira vez que a Igreja Tocoísta se junta a um acto de solidariedade na província.
O administrador municipal adjunto do município do Andulo, Fonseca Satula, enalteceu a oferta que veio aliviar as dificuldades que o município atravessa e agradeceu o gesto da Igreja Tocoista em estender a mão às pessoas necessitadas da província do Bié.
O bispo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (tocoísta), Afonso Nunes, transmitiu esperança e encorajamento aos mais necessitados e realçou que o acto faz parte do programa social da igreja em apoiar o governo em acções humanitárias e na pacificação dos espíritos.
Afonso Nunes referiu ainda sobre o que “estamos com o Governo para ajudar naquilo que estiver ao nosso alcance e prontos a espalhar a palavra de Deus nas nossas orações na pacificação dos espíritos”, disse.
A Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (tocoísta) foi fundada em 25 de Julho de 1949, por Simão Gonçalves Toco. Está reconhecida pelas autoridades angolanas e tem representações em vários países africanos, europeus, asiáticos e na América Latina.

Tempo

Multimédia