Províncias

Pessoas desalojadas em Dala começam a receber ajuda

Flávia Massua | Dala

As mais de 100 famílias do município do Dala, província da Lunda Sul, desalojadas pela chuva que nos últimos dias se abateram sobre a região começaram ontem a receber apoio do Governo Provincial, dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros e, também, de Organizações Não-Governamentais.

O administrador municipal de Dala disse ao Jornal de Angola que “o forte vento que antecedeu a chuva” também causou estragos em escolas e outras infra-estruturas sociais”.
António Muvundeno afirmou que “a situação é preocupante, pois é elevado o número de famílias da região que perdeu grande parte dos haveres”, pelo que “é urgente uma intervenção multissectorial”.
O administrador municipal avançou que bens como chapas de zinco, alimentos, roupa usada e tendas são alguns dos artigos entregues aos sinistrados pelo Governo Provincial e Organizações Não-Governamentais que se encontram a operar actualmente na Lunda Sul.
Apelou à população para evitar construir em zonas de risco, no sentido de acautelar situações idênticas e poupar vidas humanas. Para garantir maior segurança, o responsável referiu que a administração é a entidade indicada para entregar espaços para construção.

Tempo

Multimédia