Províncias

Plantadas centenas de árvores

Mais de duas centenas de eucaliptos foram plantados, sábado último, em Luvulu, na sede do município do Mungo, 150 quilómetros a norte da cidade do Huambo, numa acção das autoridades tradicionais locais para o equilíbrio ecológico.

Pretende-se criar uma cortina para proteger a localidade dos fortes ventos
Fotografia: Santos Pedro

Mais de duas centenas de eucaliptos foram plantados, sábado último, em Luvulu, na sede do município do Mungo, 150 quilómetros a norte da cidade do Huambo, numa acção das autoridades tradicionais locais para o equilíbrio ecológico.
A iniciativa inseriu-se nas comemorações do Dia Nacional da Cultura, assinalado a 8 de Janeiro, e segundo o soba geral do município do Mungo, Florentino Sambundo, em 2008 as autoridades tradicionais da circunscrição plantaram na região 300 eucaliptos, com o objectivo de criar uma cortina para proteger a localidade dos fortes ventos que ali se fazem sentir. 
 
Educação ambiental

O Comité Nacional Planeta Terra, lançado oficialmente em Novembro do ano transacto pelo Ministério do Ambiente, vai apresentar em breve, o kit temático sobre educação ambiental “Preservando o Planeta Terra”, no quadro dos compromissos assumidos junto dos órgãos das Nações Unidas. A apresentação deste kit educativo, composto por um manual, calendários com datas ambientais e outros materiais relativos à preservação da fauna e da flora, vai decorrer numa das salas de conferência do Museu Nacional de História Natural, em Luanda.
Destinado aos professores, alunos e população em geral, a iniciativa conta com o apoio do Banco Espírito Santo (BESA), instituição que vai também expor fotografias que retratam temas relacionados com o Planeta Terra.
 De referir que dez mil exemplares do manual “Preservando o Planeta Terra”, publicado em 2009 pelo Ministério do Ambiente, começam a ser distribuídos este mês, numa primeira fase a igual número de professores, no quadro das estratégias de consciencialização da população para a preservação do meio.
 Os exemplares, que serão entregues com um calendário com datas ambientais, também serão distribuídos em parceria com o sector da Educação nas províncias de Luanda, Benguela, Huíla e Cabinda, numa primeira fase.  O livro, publicado com o apoio exclusivo do Banco Espírito Santo (BESA), contém cinco temas seleccionados por Angola para as suas actividades de educação ambiental, no âmbito dos compromissos assumidos internacionalmente e relacionam-se com as alterações climáticas, recursos naturais e energia, oceanos, urbanização crescente e mega-cidades, terra e saúde.
Com 80 páginas, o manual, elaborado por técnicos do Ministério do Ambiente em parceria com algumas empresas privadas, representa o esforço do Governo angolano na divulgação de temas ligados à preservação do planeta Terra.

Tempo

Multimédia