Províncias

População do Cunene com mais centros de testagem voluntária de VIH/Sida

Domingos Calucipa | Ondjiva

     
 A província do Cunene dispõe de mais de 30 Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV), o que permite que a população não tenha de andar grandes distâncias para fazer um teste de VIH, revelou, ontem, em Ondjiva, o director provincial da Saúde.

Instituto Nacional de Luta Contra a Sida traça estratégias no sentido de travar a expansão da doença no país
Fotografia: Mota Ambrósio


     
 A província do Cunene dispõe de mais de 30 Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV), o que permite que a população não tenha de andar grandes distâncias para fazer um teste de VIH, revelou, ontem, em Ondjiva, o director provincial da Saúde.
Eduardo Ayumba - que falava, na quarta-feira, na abertura da primeira reunião de coordenação virada para a prevenção e combate contra o VIH/Sida, a partir da fronteira com a Namíbia, que termina hoje -disse que os CATV estão espalhados por quase toda a província e que as zonas que não têm posto fixo recebem periodicamente equipas de testagem móveis.
A província, referiu, não enfrenta quaisquer dificuldades em termos de fornecimento de anti retrovirais. 
   A reunião destinou-se a responsáveis e técnicos de programas de Sida das direcções provinciais da Saúde do Cunene, Namibe e Kuando-Kubango.
O encontro tem como finalidade desenvolver estratégias entre as três direcções provinciais para uma luta conjunta contra o VIH e Sida.
 Na reunião, articipam directores provinciais do sector, responsáveis de programas de luta contra a Sida das três províncias, ONG’s e representantes provinciais da Rede.

Tempo

Multimédia