Províncias

Posto de Saúde é inaugurado em Janeiro

Arão Martins | Cue II

A assistência sanitária à população da localidade do Cue II, município de Caconda, vai conhecer grandes melhorias a partir do próximo mês de Janeiro, com a entrada em funcionamento do novo posto de saúde, anunciou ontem o administrador comunal da Uaba, Bartolomeu Domingos.

Governador provincial da Huíla (ao centro) avaliou o andamento das obras em curso no município de Caconda
Fotografia: Arão Martins

Construída com fundos do Programa de Combate à Pobreza, a unidade sanitária dispõe de farmácia, salas de internamento e de espera, sala de curativos e de peritagem, bem como consultório.
Com a entrada em funcionamento do posto de saúde, a população de Cue II, estimada em 4.800 habitantes, vê encurtada a distância para ter acesso à assistência clínica.
Além do posto de saúde, as crianças, que ainda estão fora do sistema de ensino, vão ser inseridas na escola a partir do próximo ano lectivo, fruto da entrada em funcionamento de quatro salas de aulas. O administrador comunal da Uaba, Bartolomeu Domingos, explicou que, neste ano lectivo, foram matriculados na comuna  650 alunos no ensino primário. 
Para constatar o andamento dos trabalhos, o governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, visitou as obras e pediu ao empreiteiro que cumpram o contrato e os prazos de entrega da empreitada. Os habitantes da localidade de Cue II pediram ao Governo Provincial para facilitar a criação de uma associação de camponeses e da concessão de crédito agrícola, com vista a aumentar os níveis de produção.
Manuel Nahenda, que falava em nome dos habitantes, disse que a construção de pontes é outra preocupação da comunidade, principalmente entre a sede comunal de Uaba até a localidade do Cue II, onde existem vários rios. “Na época chuvosa, a circulação é complicada, visto que há ausência de pontes e pedimos que se reparem igualmente as estradas, para que a circulação de pessoas e bens seja feita com alguma segurança.”

Pedidos atendidos


O vice-governador provincial para o Sector Económico, Sérgio da Cunha Velho, explicou que algumas das preocupações manifestadas pela comunidade estão a ser resolvidas, enquanto outras se encontram em estudo. O também coordenador do Programa de Combate à Fome e à Pobreza indicou que Caconda é um dos cinco municípios da província da Huíla abrangido com o processo de cedência do crédito de campanha, que é gerido pelos bancos de Poupança e Crédito, de Comércio e Indústria e Sol.
Cunha Velho referiu que, apesar da actual conjuntura, as autoridades vão, dentro das prioridades, continuar a canalizar verbas, para que novas infra-estruturas sociais e económicas sejam erguidas.

Tempo

Multimédia