Províncias

Programa crédito agrícola melhora a produção rural

Sónia Maria| Caculama

O administrador de Caculama, Miguel Serrote Gio, afirmou na quarta-feira que o lançamento da primeira fase do programa crédito agrícola no município está a permitir aos camponeses uma maior produtividade.

O administrador de Caculama, Miguel Serrote Gio, afirmou na quarta-feira que o lançamento da primeira fase do programa crédito agrícola no município está a permitir aos camponeses uma maior produtividade.
O responsável teceu estas considerações durante a visita de campo que a presidente do Conselho de Administração do Banco Sol efectuou à região, para avaliar a implementação e aplicação, pelos camponeses e cooperativas, da linha de crédito atribuído ao sector agrícola do município.
O referido empréstimo permitiu que quatro associações, duas cooperativas e agricultores privados recebessem 100 milhões de kwanzas, que foram aplicados na aquisição de meios de produção, como catanas, enxadas, limas, moto-bombas, sementes, fertilizantes e outros, para a expansão da sua actividade.
A presidente do CA do Banco Sol, Graça dos Santos Pedro, afirmou esta iniciativa visa sobretudo o aumenta da produção agrícola e contribuir para o desenvolvimento económico do país, na sua plenitude, e da região de Caculama, em particular.
Ana Jeoveth, secretária da Associação do Nhangue Bulo, disse ao Jornal de Angola que, ao beneficiar do crédito, pensa expandir a actividade nas lavras, para o sustento das famílias de Caculama e para ajudar a combater a fome.
Elisa Bula, camponesa da referida associação, agradeceu o esforço do governo e prometeu trabalhar mais para cumprir os requisitos no reembolso dos valores.

Tempo

Multimédia