Províncias

Projecto abrange centenas de professores

Carlos Paulino | Menongue

Um total de 720 professores do ensino primário do Cuando Cubango vão, a partir de Maio próximo, ser formados nas disciplinas da Língua Portuguesa e Matemática, com vista a melhorar o processo de aprendizagem na província, disse ontem o chefe provincial de supervisão e coordenador das Zonas de Influência Pedagógica.

 

A perspectiva é de melhorar o processo de ensino e aprendizagem primando pela qualidade a nível da província e do país em geral
Fotografia: Maria João | Edições Novembro

O chefe provincial de supervisão e coordenador das Zonas de Influência Pedagógica (ZIP), Bento Carlos Alberto, disse que, numa primeira fase, serão dada a atenção as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, por serem as cadeiras que mais tem criado dificuldade no processo de ensino e aprendizagem na província.
Bento Carlos Alberto explicou que já foram identificadas as Zonas de Influência Pedagógicas (ZIP) abrangidas a nível dos nove municípios. Acrescentou que os 720 professores vão receber uma formação de formadores para, posteriormente, poderem transmitir os conhecimento a outros colegas.  
“Há toda necessidade de se continuar apostar na formação dos professores, para que possam capacitar cada vez mais. A nossa perspectiva é de melhorar o processo de ensino e aprendizagem, primando pela qualidade a nível da província do Cuando Cubango e do país em geral.”  O chefe provincial de supervisão e coordenador das ZIP sublinhou que a implementação do projecto PAT irá permitir também, pela primeira vez, as escolas do ensino primário beneficiarem de um subsídio, que suportará a compra  de materiais diversos necessários para se prestar melhor serviço aos seus utentes. Para o mês de Abril próximo, está agendado um seminário de refrescamento, que será dirigido a 36 multiplicadores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Em Abril é reservado uma formação dos professores, que trabalham com alunos com necessidades especiais, por carece também de uma atenção especial.                 
Na província do Cuando Cubango foram criados quatro pólos, o primeiro  engloba os municípios de Menongue e Cuchi, o segundo inclui o Calai, Cuangar e Dirico, a seguir Mavinga e Rivungo e, por último, o Cuito Cuanavale e Nancova.  
Segundo Bento Carlos Alberto, o Projecto de Aprendizagem para Todos, que será financiado pelo Banco Mundial, vai melhorar significativamente o processo de ensino e aprendizagem a nível da província, sobretudo nas áreas mais recônditas.
A iniciativa consta do projecto de "Aprendizagem para Todos" (PAT), que conta actualmente com quatro formadores nacionais e 36 multiplicadores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.
Bento Carlos Alberto apelou aos professores no sentido de abraçarem o projecto PAT e que sejam verdadeiros decentes missionários, com vocação para ensinarem, ao invés daqueles que só vão à escola dar aula para não ser aplicado falta ou aqueles que encontram no sector a única oportunidade para trabalharem.

Tempo

Multimédia