Províncias

Projecto avícola dá apoio a famílias da vila de Lucala

Um projecto avícola, que compreende a criação, abate e comercialização de galináceos, está a ser desenvolvido, desde Dezembro, na vila de Lucala, no âmbito de um programa governamental de apoio familiar.

Produção de aves vai aumentar
Fotografia: Jornal de Angola

Um projecto avícola, que compreende a criação, abate e comercialização de galináceos, está a ser desenvolvido, desde Dezembro, na vila de Lucala, no âmbito de um programa governamental de apoio familiar. Orçado em 42 milhões de dólares, o projecto, que vai beneficiar 120 famílias, contempla a construção de 120 naves, com a capacidade para 25 mil pintos, um matadouro para abate de até dez mil aves por dia e uma fábrica de rações para produzir 25 toneladas diárias. O coordenador do projecto disse, à Angop, que os trabalhos devem concluído em quatro anos.
Júlio Coreano afirmou que estão já em fase de acabamento os edifícios administrativos erguidos nos arredores da vila, local onde está a ser também construído o matadouro de galináceos.
Os aviários, referiu, vão ser construídos nas localidades da Pamba do Pneu e Pamba da Curva, estando o início das obras previsto para Abril.
Além de Lucala, adiantou, mais quatro aviários vão ser construídos nas regiões de Quizenga, Cambunze e Calandula, na província de Malange.
O projecto inclui a construção de uma incubadora com capacidade para produzir 150 mil pintos.
Trata-se de um programa do Governo, de investimento integrado, que vai beneficiar as províncias do Kwanza-Norte e de Malange, no quadro da linha de crédito do Exim Bank para Angola, disse Coreano.

Tempo

Multimédia