Províncias

Projectos beneficiam deficientes

Víctor Pedro | Sumbe

A Associação Nacional de Deficientes de Angola (ANDA) entregou, ontem, no Sumbe,  uma oficina de serralharia e dois quiosques a deficientes e antigos combatentes e veteranos da pátria, informou ontem o  presidente da associação, Silva Lopes Etiambulo.

O responsável da oficina de serralharia, Manuel Inácio,   louvou a iniciativa da Associação Nacional de Deficientes de Angola, e disse que o empreendimento  ajuda   na criação de mais postos de trabalho para os deficientes e seus familiares.
Manuel Inácio sublinhou que a orientação é   formar os antigos combatentes, para que estes possam   levar estes serviços para as comunidades.
Manuel Inácio referiu que, numa primeira fase, os formandos vão aprender a fazer portões, gradeamentos, fogareiros, camas, janelas, muletas, entre outros produtos.
O presidente da Associação Nacional de Deficientes de Angola, Silva Lopes Etiambulo, que   entregou a oficina, reiterou a necessidade de se combater o desemprego no seio dos deficientes e de antigos combatentes e veteranos da pátria.
 “É preciso  apostar na formação profissional e académica, para que, de forma faseada, possamos ser inseridos nos vários programas”, aconselhou Silva Lopes Etiambulo.

Tempo

Multimédia